segunda-feira, 19 de julho de 2010

Meu traidor mais íntimo II - Por Fabi felix



O seu nome é : Coração

Ele está dentro de nós. Faz parte do nosso íntimo.


Com suas palavras doces encanta nosso orgulho, agrada nossa vaidade e faz carinho no nosso egoísmo.
Com seu falar persuasivo nos embriaga, e quando acordamos da hipnose, notamos que fomos traídos e deixamos mais um vez de fazer a vontade de Deus, de fazermos o bem, de praticarmos a verdade e a justiça, e o pior, que de novo não agimos segundo o espírito, mas sim segundo a carne. E no fim, o que nos sobra só é prejuízo e a voz do Espírito de Deus dizendo: Você agiu errado e precisa consertar.

O que fazer então? Amputar? Transplante? Odiá-lo e tê-lo como inimigo?
Isso não tem lógica!
Não dá pra simplesmente matá-lo ou arrancá-lo!
Então, tenho que aprender a conviver com ele.

É difícil continuarmos ao lado de alguém que suspeitamos o tempo todo, mas Jesus foi nosso maior exemplo.
Mesmo sabendo que Judas haveria de traí-lo, nunca o maltratou. Jamais tentou cortá-lo no seu rol de membros ou até mesmo deixa-lo de lado em suas evangelizações.
Nós somos assim. Quando alguém nos incomoda, nos fazendo pensar na hipótese de sermos traídos, logo maquinamos um jeito de nos livrarmos daquele que pode ser uma ameaça.

Cheguei a conclusão que, não é odiando meu coração que vou me ver livre de seu fascínio. Não é arrancando dos meus sites de relacionamentos, que vou estar resolvendo meus problemas. Não é me afastando dele, que vou criar um escudo de proteção a minha volta.

Jesus olhava para Judas e pensava em um propósito maior, tirando sempre os olhos de si, e pensando que tudo que venhamos a fazer pra nos proteger, será sempre falho. Deus é quem cuida de nós com competência.
Não temos o direito de excluir a ninguém, mesmo sendo um traidor.

E em relação ao nosso coração, Deus nos fez com ele, e não é possível que Ele tenha errado.
Faço minhas as palavras de Ricardo Gondim que diz: "Hoje aceito que se Deus quis tabernacular em mim, não tenho o direito de implodir-me"

O grande segredo está em,
aprender a discernir suas intenções, não confiar nele, ser guiado sempre pelo Espírito e entender que o coração humano e enganoso.

Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá? Jr 17:9


Um abraço,

Fabi Felix

4 comentários:

  1. Olá Fabi, achei muito interessante essa mensagem, como nós nos enganamos não é mesmo...
    Que Deus continue usando sua vida, pois planos maiores Ele tem para vc... Se lance sempre nas mãos do mestre.

    ResponderExcluir
  2. Está ai...
    Aprender a conviver com ele é o mais dificil, dificil é escutar mais a Deus do que ele.. Deus ensina-me isso!

    Quero um coração controlado, não um coração controlador.. Vlw Fabi!..

    beijoo! ta ótimo blog!

    ResponderExcluir
  3. amem !!!!!!!!!!!!!

    que DEUS continue te abençoando

    ResponderExcluir
  4. Muito boa a história que contou, bem real também.
    Posso dizer que falou ao meu coração, inspirou para uma nova visão e interpretação da atitude que realmente é necessária tomar na caminhada da vida; parabéns, realmente muito bom!

    ResponderExcluir

Olá,a paz!
Obrigado por comentar.
Volte depois e veja outros comentários feitos depois do seu.
Um abraço, A escriba do Rei

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...